Destinos

Sydney

Pincel Verde

Top 5

Opera House
Harbour Bridge
Taronga Zoo
Darling Harbour
Manly Beach
Sydney é a capital do estado de Nova Gales do Sul – a capital da Australia é Camberra! – e está localizada ao longo do mar da Tasmania. Os moradores são conhecidos localmente como sydneysiders e constituem a cidade mais multicultural da Austrália!
Em 1788 o capitão Arthur Phillip fundou a cidade de Sydney que inicialmente servia como um colônia penal para os Ingleses (sim, os australianos são decendentes de prisioneiros ingleses), mas ao longo do tempo os governadores fizeram da cidade uma metrópole próspera e independente. 
Valor: $$$
Quantos dias ficar: de 1 a 3 dias
Quando ir:

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Acredito que sua impressão ao chegar em Sydney será a mesma que a nossa: “uau, que cidade incrível! como deve ser maravilhoso morar numa cidade assim!”.

A cidade é lindíssima, e ao mesmo tempo que tem cara de cidade grande, é muito arborizada, cheia de parques, praias e sendo assim, claro que isso estimula as pessoas a ficarem ao ar livre, se exercitando e vivendo… e aí você sente aquela vontade de VIVER também!

 A energia que a cidade transmite é muito boa e isso influenciará positivamente quando você estiver turistando por lá!

Mas enfim, o que você vai encontrar neste guia? O que fazer em Sydney, quantos dias ficar na cidade, melhor época para visitar, onde se hospedar, onde comer, como se locomover por lá, e claro, dicas pessoais! 

O que fazer

◆ Sydney Opera House

Inaugurada em 1973, é o monumento mais visitado da Austrália! Durante os fins de tarde, a Opera House vira um point onde todo mundo se reune, seja para ver o pôr do sol, seja para tomar um drink ou petiscar em algum dos bares por ali. Fica um clima muito legal.

Durante o dia há vários tours pelo seu interior, com diversas temáticas, como tour para fotos, tour pelo backstage, etc. O tour que recomendo é o básico, pelas instalações da Opera. Reserve com antecedência e saiba mais clicando aqui.

O que fazer em Sydney?

◆ Circular Quay

É o porto onde está a Opera House. Há vários restaurantes e bares por ali, é um local bem agitado e cheio de vida, o dia todo! Chegue cedo ou tenha paciência para esperar um lugarzinho.

O que fazer em Sydney?

◆ Sydney Harbour Bridge

Outro ícone da cidade, a ponte é linda e super fotogênica. Andando pela ponte você terá lindas vistas da  Opera House e também um mirante (pago), onde você pode subir em uma das  “torres” da ponte e ter uma vista mais privilegiada ainda.

Caso você seja mais radical, também é possível escalar a ponte, um dos programas mais legais da cidade! Há escaladas ao amanhecer, durante o dia, ao entardecer ou à noite. Clique aqui!

O que fazer em Sydney?

◆ Taronga Zoo

O zoológico da cidade conta com animais raros e nativos da Austrália e também outros animais como girafas e elefantes, um zoo bem completo! Como fica do outro lado, na parte norte de Sydney, você pode chegar no Taronga Zoo de ferry. 

Uma das coisas mais legais é o teleférico que interliga as duas entrada principais, passando por cima de todo o zoológico! Reserve a tarde inteira para este passeio e veja o horário em que os animais serão alimentados, é a melhor hora para vê-los.

◆ The Rocks District

The Rocks é um bairro histórico, foi lá que Sydney começou e até hoje ainda há construções do período colonial. 

Hoje em dia é uma área bem procurada pelos turistas por conta de bons restaurantes, galerias de arte, bares charmosos, opções para curtir a vida noturna e sua ótima localização – as margens da Baía de Sydney – com uma bela vista para a ponte, e perto do business center!

O que fazer em Sydney?

◆ The Red District – King Cross

O que fazer em Sydney?

O bairro de King Cross é chamado pelos locais de Red District (Distrito Vermelho). É por lá que fica os hotéis e hostels mais baratos de Sydney, com uma localização relativamente boa. Este bairro é chamado assim devido aos vários strip clubs, sexshops e pelo ambiente em geral. Pouco aconselhável para turistas à noite. De dia achamos o bairro super agradável, há vários cafés e restaurantes charmosos nas ruas do bairro.

Darling Harbour

Um dos principais pontos turísticos de Sydney, que na verdade está mais para área de entretenimento do que para um porto! Lá você encontra um shopping, vários restaurantes, cinema, o Zoológico de Sydney, Aquário de Sydney e o famoso museu de cera Madame Toussads.

É um eotimo lugar para aproveitar a tarde, turistar e também para curtir a noite nos bares e restaurantes ao redor.

 Aos sábados costuma ter uma queima de fogos às 21h15, é bem bonito e o melhor, gratuito! 

O que fazer em Sydney?

◆ Sea Life Sydney Aquarium *

Este pequeno aquário fica localizado no Darling Harbour – ao lado do zoo Wildlife e do Madame Tussauds – apesar de pequeno, tem uma diversidade de vida marinha bem completa. comprando os ingressos online, no site oficial  além de descontos, você evita as grandes filas!

◆ Madame Tussauds *

O famoso museu de cera da Madame Tussauds fica no Darling Harbour, ao lado do Aquário e do zoo Wildlife. Comprando os ingressos online aqui, além de descontos, você evita as grandes filas!

◆ Sydney Tower Eye *

A torre de Sydney fica no CBD, centro empresarial de Sydney. Ela tem 309 metros de altura e lá em cima, além do observatório, tem um cinema 4D e dois restaurantes (ambos giram, mas em direções opostas!). Há também o Skywalk, uma plataforma com piso de vidro localizada há 268 metros de altura, e que proporciona vistas incríveis da cidade!

Só é possível chegar ao Skywalk através de uma visita guiada, agendada antecipadamente. Comprando os ingressos online, no site oficial  além de descontos, você evita as grandes filas!

O que fazer em Sydney?
Centro Empresarial e Tower Eye a esquerda

◆ Manly Sea Life Sanctuary *

Um santuário marinho que fica em Manly, menor do que o de Sydney mas ainda assim tem vários animais como pinguins, tubarões e águas vivas! Comprando os ingressos online no site oficial, além de descontos, você evita as grandes filas.

◆ Wildlife Park *

Um mini zoológico que fica no Darling Harbour. Para quem não tem tempo de ir ao Toranga zoo, um zoologico mais completo, recomendo a visita ao Wildlife! Lá tem todos os animais típicos da Australia que queremos ver, como o canguru e o coala (da para chegar pertinho deles), demônio da tasmânia, varias aves e repteis interessantes e até o famoso crocodilo gigante! 

A visita é rápida, em apenas duas horas ou menos você completa a visita. Achei os recintos dos animais pequeno, apesar de que eles estavam aparentemente super bem tratados. Comprando os ingressos online no site oficial, além de descontos, você evita as grandes filas.

◆ Royal Botanic Gardens

O nosso lugar favorito na cidade! Fica ao leste da Opera House e com vistas para a Harbour Bridge. 

O jardim tem uma biodiversidade incrível e é um lugar perfeito para fazer um piquenique, ler um livro, se exercitar ou simplesmente curtir um sol na grama.  Não deixe de ir ao ponto Mrs Macquarie’s Chair, uma das vistas/mirantes mais bonitos de Sydney.

O que fazer em Sydney?

Nao deixem de passear pelo jardim botânico ou mesmo fazer uma visita guiada para saber e entender sobre a grande variedade de espécies e a importância delas para o ecossistema australiano, super interessante.

Nossa parte favorita foi ver os morcegos gigantes sobrevoando o parque logo após o por do sol! Não tenha medo, apesar de serem enormes, são inofensivos.

◆ St. Marys Cathedral

É a igreja católica mais antiga de Sydney. Possui estilo gótico e sua arquitetura interior e exterior é bem bonita. A entrada é grátis.

O que fazer em Sydney?

◆ Sydney Fish Market

Mercado de peixes de Sydney. Melhor lugar para comprar frutos do mar e peixes frescos, bonitos e limpos. Para quem não pretende comprar, há lugares para almoçar, com  tudo fresco, preparado na hora!

Não chegue tarde, as coisas acabam rapidamente. Experimente vieira gratinada, ostra (são enormes) e sashimi, maravilhosos!

◆ Queen Victoria Building

Este grande edifício do século XIX abrange todo um quarteirão entre as ruas George, Market, York e Druitt. Tanto seu interior, como seu exterior, tem estilo Art Déco e Romanesco, super bem preservados. Dentro do “QVB” (como é localmente conhecido), você encontrará dezenas de lojas de luxo, restaurantes e cafés de ótima qualidade, além de uma coleção de quadros da rainha, que dá nome ao edifício.

Mas o mais curioso sobre este edifício, é que há uma carta guardadaescrita e selada pela Rainha Elizabeth II em 1986, que foi endereçada aos locais e permanecerá fechada até 2085, quando o prefeito a lerá aos moradores da cidade!

O que fazer em Sydney?

◆ Praia

Manly Beach

Manly é uma delicia, tem aquela atmosfera de cidade do interior, sabe? A praia tem águas tranquilas e bem azuis, muito legal para levar crianças. Para chegar até lá é necessário pegar um ferry (pegamos nosso ferry no Circular Quay) e a viagem demora apenas 30 minutinhos. 

Dica: aos domingos o ferry e qualquer outro transporte pela cidade custa apenas 2.50 dólares, como para Manly é o transporte mais caro, você pode aproveitar seu domingo por lá.

Bondi Beach

A praia mais frequentada pelos Sydneysiders! E se você quiser admirar uma das paisagens mais bonitas da cidade, não deixe de fazer a famosa caminhada entre Bondi Beach e Coogee Beach, parando nas praias de Tamarama e Bronte. São 6km de caminhada, com paisagens lindíssimas!

O que fazer em Sydney?

◆ Blue Mountains: bate-volta

Blue Mountains é uma região montanhosa que fica em um parque nacional de mesmo nome, um dos mais importantes da Austrália.

Lá você encontrará várias trilhas e cachoeiras, vai poder visitar os vilarejos de Leura e Katoomba e a  principal atração, as famosas formações rochosas Three Sisters (Três Irmãs), que ganham coloração diferente de acordo com a incidência da luz do sol, além do Scenic World, um complexo com bondinhos e trens que fazem passeios no meio da floresta e até uma exibição de dinossauros, super legal para levar crianças!

Dica: Para fazer o bate e volta, recomendo visitar as três irmãs e o Scenic World. Para fazer outras atrações, você pode se programar para dormir em alguma acomodação do parque.

Como Chegar na Blue Mountain? Para chegar de maneira independente a opção mais interessante é carro alugado, assim você se desloca mais fácil dentro do parque. Há também a opção de ir de ônibus ou metro (as estações são Katoomba ou Leura) é bem fácil conhecer os pontos do parque com transporte público!

Ah, caso você tenha comprado o famoso Hop on Hop off, uma de suas paradas é no parque!

Passeio comprado em agência é a maneira mais pratica de fazer este passeio. Transporte e cronograma já super organizado! Mas claro, o preço é muito mais alto. Recomendo este passeio da Civitatis.

Quantos dias

◆ Quantos dias ficar em Sydney?

Sydney é uma cidade bem grande e com varias atrações, é o tipo de lugar que se você ficar meses, vai encontrar algo diferente para ver! 

Para conhecer somente o “pacote básico” da cidade, 2 dias inteiros são suficientes. Minha recomendação é de ficar quatros dias em Sydney, assim você aproveita as atrações, além de conhecer as praias e talvez até um bate-volta para conhecer a Blue-Mountain.

O que fazer em Sydney?

Quando visitar

◆ Quando ir a Sydney?

Verão

O verão é o período de alta temporada no país, nesta estação, a média de temperatura é de 22º, mas os termômetros podem passar dos 30º! Mas infelizmente também é a época que mais chove, mas nada que vá acabar com sua viagem.

Inverno

No inverno a temperatura média é de 12ºC, com médias altas na casa dos 17ºC e mínimas de 7ºC, sendo a estação mais seca. Leve roupas quentes e apropriadas já que com o vento, a sensação térmica diminui ainda mais!

Primavera e Outono

Entre setembro e dezembro e entre fevereiro e abril, período de primavera e outono, respectivamente, são as épocas de temperaturas mais amenas em Sydney.

Mas qual a melhor época para viajar a Sydney? Para Sydney a resposta é “depende”, pois a cidade é boa para ser visitada tanto no frio quanto no calor, mas claro, se você quer curtir praia, o fim da primavera e verão são as melhores épocas e as que eu recomendo. 

Quando ir a Sydney
Tabela do site TimeAndTable

Onde ficar

◆ Onde se hospedar em Sydney?

The Rocks 

Este bairro além de ser o mais antigo da cidade, é também a melhor localização para se hospedar. Além da vista para a ponte e para a Ópera House, o bairro em si já é uma atração, o bom é ficar lá para conhecer desde os cafés e restaurantes moderninhos até as antigas casas coloniais e feiras ao ar livre.

Circular Quay 

Este bairro tem uma das localizações mais privilegiadas da cidade, bem próximo ao porto da cidade. É no Circular Quay que ficam os hotéis, lojas e restaurantes mais luxuosos de Sydney.

Surry Hills

Antes um bairro abandonado, hoje foi totalmente revitalizado! Surry Hills se destaca pelos cafés, restaurantes e lojas com uma vibe mais alternativa. Boa localização, próximo a estação Central.

Darling Harbour

Esta área em volta do porto do mesmo nome é bem turística, já que é lá que ficam várias das atrações da cidade como o áquario e o Zoológico Wildlife. É uma boa localização para quem está viajando com crianças.

Central Business District (CBD)

Cheio de arranha céus, o CBD é o local preferido dos turistas que vão a negócio para Sydney. Mas para quem não vai a trabalho, CBD também não é nada mal, pois além de super bem localizado, é próximo a shoppings, lojas, parques e ótimos restaurantes.

Bondi Beach

Para quem quer fugir um pouco da grande cidade, Bondi Beach é uma boa opção. Trilhas, Surf e mar vão ficar bem pertinho de você, mas apesar do fácil acesso, são 30 minutos até ao centro da cidade, então se você ficar pouco tempo na cidade, pode ser ruim ter este tempo perdido.

Kings Cross

Para quem quer curtir a badalada noite de Sydney, esta é com certeza a melhor localização. Você vai achar bares, pubs, boates,  vários inferninhos e tudo mais o que tem direito, não é atoa que este bairro é conhecido por Red District! Ah, é uma das melhores opções de bairro para quem quer acomodações baratas!

O que fazer em Sydney?
CBD

Para procurar hotéis que melhor se enquadram com você e sua viagem – orçamento, localização, etc. – utilize o Booking.com! Há um mapa com a localização e vários filtros para te ajudar a escolher a acomodação ideal. 

Além do Booking, também utilizamos o Airbnb quando queremos algo mais aconchegante que um hotel ou quando estamos em grupo.

Locomoção

◆ Como se locomover em Sydney?

A pé

Dependendo de onde você se hospedar, você consegue visitar vários pontos a pé, assim como nós fizemos (ficamos hospedado no bairro King Cross, perto da estação de metro de mesmo nome).

Sempre andamos o máximo a pé possível, assim, conhecemos mais ainda cidade

Metro*

Para lugares mais afastados, você pode optar pelo metro, que é muito bom e te levará praticamente para qualquer lugar da cidade. Para lugares mais afastados, ele se interliga com um trem.

Ônibus*

Ônibus também é uma boa opção e usa-lo em Sydney é bem fácil, já que todos os pontos de ônibus são sinalizados com as rotas, números das linhas e as tabelas de horários. O único problema é que dentro deles você não vai encontrar nenhum mapa indicando as paradas, então fique atento ou use o google maps off-line para você se situar!

Taxi ou Uber

Outra opção parasse locomover em Sydney é usando aplicativo ou taxi. Dê sempre preferência a aplicativos, são mais seguros, mas caso precise de um taxi e não encontre um pela rua, o aplicativos Taxi Combined é uma mão na roda para chama-los mais rapidamente!

Carro 

Carro é totalmente desnecessário, a não ser que você queira viajar pelo país ou realmente tenha alguma necessidade ou preze pelo conforto extra. Saiba que como em toda grande cidade, os estacionamentos são caros e difíceis de encontrar. 

O que fazer em Sydney?
Ferry boat

De qualquer forma decidiu alugar um carro? Alugue com a RentalCars, empresa que usamos sempre e recomendamos! 

◆ Como chegar em Sydney?

O Aeroporto de Sydney é o maior aeroporto da Austrália, portanto, várias companhias aéreas estrangeiras voam para o local. 

Um voo para a Austrália leva horas e é bem cansativo, independente da duração das conexões, os mais rápidos tem duração mínima de mais ou menos 18 horas e dependendo das conexão e suas durações, pode durar até 50 horas! Então fique atento ao comprar sua passagem e confira a duração total da viagem.

Não há voos diretos partindo do Brasil, mas a Latam tem voos partindo de São Paulo até  Sydney – faz escala em Santiago, Auckland e finalmente chega em Sydney. Há também outras opções de voo com empresas estrangeiras, costumamos olhar passagens no buscador Kayak

Comida

◆ Onde comer em Sydney?

· Restaurantes

Sydney Fish Market (Mercado de Peixes)

Melhor lugar da cidade para comer frutos do mar e peixes, tudo fresco, preparado na hora! Não chegue tarde, as coisas acabam rapidamente. Experimente vieira gratinada, ostras (são enormes) e sashimi, maravilhosos!

Searock Grill

Localizado no píer da Ópera House, este restaurante é escolha certeira. O menu é bem variado, desde pratos simples aos mais elaborados. Destaque ao muito bem servido e delicioso Cheese Platter,  e também a sangria, que foi umas das melhores que ja provei até hoje.

Meat District Co

Muito popular para experimentar alguns animais exóticos da fauna Australiana. Você pode comer canguru grelhado ao molho Jack Daniels com purê de batatas e também hambúrguer de crocodilo!

Icebergs

Situado nas falésias no sul de Bondi Beach, é a parada perfeita para experimentar os deliciosos drinks da casa, curtir a incrível vista para o mar e apreciar o ambiente!

Harry Cafe de Wheels

Para experimentar as melhores tortas – e molhos – da cidade, você precisa ir ao lendário Harry Cafe. Este café faz parte da historia de Sydney há mais de 8 décadas!

Food on Five Westfield Food Court

Sim, uma praça de alimentação de shopping na lista! Localizada no Shopping Westfield, com vários restaurantes gourmets, você encontrará uma boa variedade de comida, com destaque para a árabe e asiática. Sugiro experimentar um Ramen no restaurante Ippudo (amo, meu ramen favorito!!).

Spice Alley

Spice Alley é um pequeno pedaço de Singapura em Sydney. Mas não pense que se limita apenas a isso, não mesmo. Este beco contém vários locais para você poder experimentar também comida Japonesa, Chinesa, Tailandesa e até da Malásia! Minha dica é experimentar a carne de pato.

Black Star

Este café é mundialmente famoso – principalmente no Instagram – por seu lindo e delicioso bolo de melancia! Claro, há vários outros sabores tão deliciosos quanto este, por exemplo, o de lichia com framboesa.

Young Henry’s

Uma das melhores cervejarias de toda a cidade, uma pena ficar aberta apenas até as 19h, mas até lá, dá para aproveitar os vários rótulos da casa.

· Bons Drinks e Baladas

360 Bar and Dining

Localizado na Sydney Tower, este restaurante tem uma incrível vista 360º de toda a cidade! Além da vista privilegiada, todos os pratos são muito elogiados. É um local ótimo para tomar drinks enquanto aprecia o pôr do sol ou aproveitar um belo jantar.

The Baxter Inn

Ótima música, pretzels de graça e muitos drinks deliciosos, sem contar a ótima atmosfera do lugar. The Baxter Inn é a pedida perfeita para quem tem medo de errar, tudo é excelente.

Double Deuce Lounge

Com uma vibe dos anos 70, este bar é um dos novos hit na cidade!

Marquee Sydney

Uma das melhores e mais animadas baladas de Sydney! Muito eletrônico e pop para dançar a noite inteira, muita das vezes, com direito a atrações internacionais. Para saber quem vai se apresentar quando você for, confira o site.

Club 77

Este icônico bar underground de Sydney acaba virando uma boate no fim da noite, podendo ser uma ótima opção para esticar seu roteiro.

Chinese Laundry

Uma das boates mais antigas e clássicas da cidade, a Chinese Laundry é reconhecida internacionalmente e sempre conta com atrações incríveis.

Ivy Pool Club

Sentiu falta de um Beach Club na cidade? Ivy Pool Club não é Beach Club, mas tem uma bela piscina onde acontece festas, o que já pode ser o suficiente para uma tarde/noite super animada! Além deste bar com piscina, o complexo Ivy possui mais oito bares, três restaurantes premiados e quatro espaços para eventos.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Roteiros

Pincel Bege

América do Norte

América do Sul

África

Oriente Médio

Destinos

Pincel Verde

América do Norte

América do Sul

Oriente Médio