Destinos

Carolina

Pincel Verde

Top 5

Cachoeira do Santuario
Cachoeira Santa Barbara
Portal da Chapada das Mesas
Poço Azul
Cachoeira da Caverna

O Parque Nacional da Chapada das Mesas é uma unidade de conservação que abrange 160 046 hectares de Cerrado nos municípios de Carolina, Riachão, Estreito, no centro-sul do Maranhão.

O Parque foi criado em 2005, e é composto por florestas de buritizais, sertões, relevo de chapadas vermelhas (as mesas!), compondo um conjunto de curiosas formações rochosas, cânions, cavernas e cachoeiras.

Valor: $$
Quantos dias ficar: entre 3 e 5 dias
Quando ir:

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Confesso que a Chapada das Mesas nos surpreendeu com tamanha beleza…vimos algumas das cachoeiras mais bonitas da vida, dezenas de araras-azuis, papagaios, periquitos, poços cristalinos e montanhas incriveis. Sabiamos que seria bonito, mas o que encontramos por lá foi além do esperado e realmente ficamos gratos pela viagem e por toda a conexão e beleza da natureza.

É uma viagem que pode ser feita em família (as estruturas dos complexos são boas para criancas também), legal para casais e claro, para quem curte trilhas, cachoeiras e natureza. Mas tenha em mente que pode desagradar quem procura boa infra-estrutura, já que não é tao fácil chegar, há pouca oferta de bons hotéis e quase nada de restaurantes bons…superando isso, é um destino incrível!

O que fazer

1◆ Pedra Caída 

Pedra Caída é o complexo mais famoso da Chapada das Mesas e conta com várias atividades. A principal atração é a cachoeira do santuário e a cachoeira da caverna, ambas incríveis de lindas e realmente imperdíveis.

Para fazer as principais atividades, 1 dia inteiro é suficiente, para ver todo o complexo, você vai precisar de 2 dias inteiros.

  • Entrada: R$70,00 (direito a estacionamento e piscina)
  • Cachoeira do Santuário: R$30,00 
  • Caverna e Capelão: R$50,00 
  • Garrote e Porteira: R$50,00
  • Pedra Furada: R$30,00 
  • Teleférico: R$60,00 
  • Tirolesa de 1.400 m: R$90,00
  • Pirâmide Mística R$30,00
* todas as cachoeiras tem horários de saída e guia acompanhando o grupo. Todas as despesas do dia podem ser pagas via cartão de crédito/débito 
cachoeira da Chapada das Mesas
teleferico, pedra caídacachoeira da caverna, Pedra Caída, Chapada das Mesas

Sim, é bem salgado e a entrada não te da direito a nenhuma atração, são todas pagas a parte.

Dica: se você for com seu próprio guia, ele consegue te levar em horários diferentes do grupo do complexo pra pegar os locais mais vazios, e se quiser ir no dia seguinte, eles geralmente conseguem fazer você entrar sem pagar novamente a entrada, e pagar apenas as atrações que quiser ver nesse dia. Sem guia você terá que pagara entrada de R$70 de novo.

· O que ver em apenas 1 dia na pedra caída:

Cachoeira do santuário, cachoeira da caverna, cachoeira capelão, subir até o morro de teleférico (e se tiver der, desça de tirolesa!)

Atrações complexo da Pedra Caída, Chapada das Mesas

2◆ Encanto Azul + Poço Azul

Duas atrações diferentes, mas que ficam quase do ladinho uma da outra. E já começo dando a dica de fazer  Encanto azul primeiro!

Encanto Azul

O Encanto azul é um lago lindíssimo de uma água azul cristalina, com uma temperatura maravilhosa (sempre por volta de 22ºC) que parece de mentira! Fica em um pequeno vale, no meio de um paredão de rocha, com direito a uma pequena caverna e peixinhos. 

Como fica no meio de um paredão, o ideal é chegar no Encanto azul por volta das 10h para pegar o sol entrando na lagoa – quanto mais sol e luz, mais azul e cristalino!

A janela de visita é entre 10h e 14h, fora dessa janela entre pouquíssima luz e o local já perde aquela aparência surreal

Importante saber que para chegar não é difícil, mas são cerca de 150 degraus de descida até lá. Para descer todo santo ajuda, já para subir… Mas vale a pena cada degrauzinho, e com paciência é tranquilíssimo de ser feito.

Ingresso: R$ 30 por pessoas. Leve uma mascara de mergulho e proteção para seu celular, assim você consegue filmar debaixo dagua!

escadaria Encanto Azul, Chapada das Mesas
Ecanto Azul, Chapada das Mesas

Poço Azul

Diferente de encanto azul (não confunda os dois!), o Poço Azul é um complexo com várias cachoeiras, atividades de aventura e claro, um poço, o poço azul! Ah, caso queira, você pode se hospedar dentro do complexo também!

Depois de sair do encanto azul, separe o restante do dia para curtir todo o complexo e suas atrações. As principais atração e as imperdíveis) são:

·Cachoeira Santa Bárbara + Gruta

Simplesmente de tirar o fôlego! Cachoeira + ponte suspensa + paredão de arenito avermelhado + andorinhas…só poderia ser UAU!

Gruta Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas
Cachoeira Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas
Cachoeira Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas

·Poço Azul

Um poço lindissimo, água cristalina com uma temperatura maravilhosa, cercado de natureza, não é atoa que é a estrela do complexo! Passamos a maior parte da nossa tarde por lá.

Poço Azul, Chapada das Mesas

·Cachoeiras  dos Namorados

A primeira cachoeira do caminho, pequena mas super bonita e convidativa para um banho!

Cachoeira em Poço Azul, Chapada das Mesas

Além dessas você também pode visitar: Cachoeira Santa Paula, Cachoeira do Moreno, Cachoeira Seu Zica e Dona Luíza. São bonitas, mas não imperdíveis. Eu aconselho a aproveitar as outras atrações ao máximo e visitar estas apenas se tiver tempo e vontade. Além de poder reservar rapel e tirolesa com antecedência.

Informações: Entrada R$ 70 por pessoa, Tirolesa: R$ 60, Rapel: R$ 150, restaurante R$70 o quilo.

A estrutura do Poço Azul realmente é muito boa e bonita, com todas as trilhas todas suspensas de madeira, redes e espreguiçadeiras e um restaurante lindíssimo. São 70 reais muito bem pagos para aproveitar o dia!

Cachoeira Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas
gruta Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas
Cachoeira Santa Barbara, Poço Azul, Chapada das Mesas
· Como chegar no Encanto Azul e no Poço Azul??

O Poço Azul e Encanto Azul ficam em Riachão, a 130 km de Carolina. O asfalto da BR-230 é ótimo, mas saiba que há 36km de estrada de chão, mas que está em ÓTIMAS condições e passa por manutenção constantemente, qualquer carro passa tranquilamente e uma ótima velocidade.

CUIDADO: O trajeto pelo Google Maps ou Waze geralmente da uma caminho ERRADO. Coloque seu trajeto até o autopostoTrevão, nele, vire a esquerda e siga a estrada, terá placas indicando o inicio da estrada de chão. 

Você irá passar primeiro pelo poço azul, continue reto até chegar no Encanto Azul.

3◆ Portal da Chapada – nascer ou pôr do sol 

Um dos grandes ícones da Chapada das Mesas, o Portal é um fenda no topo de uma montanha de arenito, com uma vista incrível para o morro do chapéu e outras mesas. É um daqueles lugares que você chega e agradece a Deus por existir e poder vivenciar aquilo!

O pessoal costuma subir durante o nascer do sol ou por do sol, ambas as experiências são lindas e deixa tudo dourado/avermelhado.

Nós subimos no pôr do sol e além de uma vista linda, vimos dezenas de papagaios, 6 araras-azul e o mocó, um bixinho terrestre que me lembrou uma mini capivara.

Entrada: R$20 por pessoa. Não é preciso guia para subir, a não ser que você queira alguém para tirar suas fotos, fora isso, não faz sentido contratar um apenas pra isso. 

Portal da Chapada das Mesas

A trilha até lá é curta, com cerca de 20 minutinhos ou menos você alcança chega no topo do morro, mas é uma trilha um pouco cansativa, já que metade da subida é areia. Depois da parte de areia, é super fácil e tranquila a subida.

trilha portal da chapada, Chapada das Mesas
O que fazer em Chapada das Mesas 66

4 Cachoeira da Prata e de São Romão

São Romão

A cachoeira São Romão é a maior cachoeira em volume de água do Parque Nacional da Chapada das Mesas, a pressão da queda e volume de água são realmente impactantes!

A parte mais bacana do passeio é poder fazer um passeio de caiaque até bem pertinho da queda – além de poder fazer fotos super legais!

Você vai ler em alguns lugares que é possível ir atrás da queda por uma trilha, mas isto não é mais perdido já que ali é área de reprodução das andorinhas.

da Prata

Apenas há 20km de distancia da cachoeira do Romão – e por isso são feitas juntas – a cachoeira da prata tem 2 quedas super grandes e bonitas que caem de um paredão de arenito…super bonito!

Há uma área para banho, mas tem que ter atenção e cuidado com a forte correnteza. 

· Como Chegar? 

Este combo de cachoeira é aconselhado fazer apenas com guia, pois além de 50km de estrada arenosa que só passa 4×4, durante o trajeto você terá que passar por riachos, bifurcações e outros “obstáculos”. 

O dia todo com almoço incluso ficar cerca de 250 reais por pessoa.

O que fazer em Chapada das Mesas 109
São Romão
O que fazer em Chapada das Mesas 106 copia
Da Prata

5◆ Trekking Morro do Chapéu 

O Morro do Chapéu é o ponto mais alto da Chapada, com 365 metros de altura e é a trilha favorito dos praticantes de Trekking. Nem preciso dizer que a vista lá em cima vale a pena a subida!

Com uma trilha de aproximadamente 500 metros, a subida só é permitida com um guia local devido ao nível de dificuldade alto. Além de trechos BEM íngremes, há pedras soltas pelo caminho que se você não prestar atenção onde pisar, será queda na certa. 

Sem paradas, o topo pode ser alcançado em menos de 1 hora e lá de cima você terá as vistas mais incríveis das outras montanhas, morro das Cabras, rio Tocantins e a pequena cidade de Carolina.

6◆ Passeio de barco pelo Rio Tocantins e Pedra Encantada

Um passeio tranquilo de voadeira pelo Rio Tocantins para ver a Chapada Das Mesas por outro ângulo com parada para banho na famosa formação rochosa chamada Pedra Encantada e direito a um pôr do sol incrível, onde o sol se põe atras das montanhas – só perde para o pôr do sol do Portal da Chapada!

O rio Tocantins demarca a divisa do sul do Maranhão com o Tocantins e o passeio geralmente é fechado em conjunto com outros no dia, mas é possível fazer separado, faça a cotação com alguma agência.

passeio Rio Tocantins, Chapada das Mesas

Quantos dias

 Quantos dias para conhecer a Chapada das Mesas?

Para conhecer bem, recomendo 3 dias inteiros na Chapada das Mesas, até porque como é um pouco demorado chegar lá, menos que isso não vale a pena. 

Se você ama trilhas e cachoeiras e aguenta o rojão da viagem (pois admito que no terceiro dia minhas pernas e pés pediram arrego!), reserve entre 5 a 8 dias na Chapada das Mesas. Há centenas de cachoeiras, trilhas, rios e natureza te aguardando por lá!

Quando visitar

 Quando ir a Chapada das Mesas?

Nesta região há  apenas duas estações: chuvosa e seca.

Melhor época – seca

A melhor época para visitar Carolina e a Chapada das Mesas é de Maio a setembro, época da seca!

Chuvas

Evite ir na época das chuvas, de outubro a abril, pois as trilhas ficam ruins (algumas inclusive ficam suspensas, como a da subida ao Morro do Chapéu), a água dos poços e das cachoeiras podem ficar turvas e longe de estarem cristalinas (que é a graça) e ainda corre risco de tromba d’água. Janeiro, fevereiro e março são os piores meses, pois são os mais chuvosos.

Nós fomos no inicio de outubro, pegamos apenas uma manhã de chuva, e um dia meio nublado, as águas ainda estavam cristalinas e as trilhas abertas, aproveitamos super!

Evite também viajar em feriados e se possível, vá dia de semana, pois as atrações costumam ficar realmente lotadas!

quando ir a Chapada das Mesas

Onde ficar

◆ Onde se hospedar na Chapada das Mesas?

A cidade base para explorar a Chapada é Carolina, mas saiba que a oferta de bons hotéis é pouquissima, mesmo, e caso não queira contar com a sorte, reserve seu hotel com o MÁXIMO de antecedência possível, se não talvez você não encontre acomodações legais, algumas sem ar condicionado no calor maranhense – não recomendo.

Nossas recomendações de hotéis:

Pousada dos Candeeiros

Rancho das Estrelas: nossa recomendação! A imersão com a natureza, a companhia dos animais (araras, periquitos e papagaios!) e o café da manhã maravilhoso fazem o combo perfeito para uma passada incrível pela Chapada!

Ventanas Hotel Boutique

Para procurar hotéis que melhor se enquadram com você e sua viagem – orçamento, localização, etc. – utilize o Booking! Há um mapa com a localização e vários filtros para te ajudar a escolher a acomodação ideal. 

Além do Booking, também utilizamos o Airbnb quando queremos algo mais aconchegante que um hotel ou quando estamos em grupo.

Locomoção

◆ Como se locomover pela Chapada das Mesas?

Há apenas 2 formas de se locomover pela Chapada das Mesas, a primeira é de carro – nós pegamos nosso carro alugado no aeroporto de Imperatriz. A segunda opção é contar com uma agência de viagens, que além de te levar para todos os passeios, também te buscam no aeroporto!

Recomendo a agencia Rancho Aventuras, que é do pessoal do hotel Rancho das Estrelas! 

◆ Como Chegar na Chapada das Mesas?

A melhor forma de chegar na Chapada das Mesas é de Avião. Os aeroportos mais próximos a Chapada das Mesas são os aeroportos de Imperatriz, MA e Araguaína (mas que tem menor quantia de voos que o de Imperatriz).

Do aeroporto você vai precisar percorrer de carro 220 km de Imperatriz ou 120km de Araguaína até a cidade base da Chapada, Carolina. 

A estrada desde Imperatriz é cheia de remendos, mão única e com bastante caminhões no percurso, mas mesmo assim foi uma viagem tranquila e fizemos em quase 3 horas.

Alugue um carro no Aeroporto ou contrate um agência para além de te buscar em Imperatriz, também te leve do hotel até os passeios. 

estrada da Chapada das Mesas

Decidiu alugar um carro em São Luís? Alugue com a RentalCars, empresa que usamos sempre e recomendamos, além de você fazer a reserva em reais e não pagar IOF!

Comida

◆ Onde comer na Chapada das Mesas?

Carolina e a Chapada das Mesas são bem carentes de bons restaurantes, mas os que tem, por mais simples que sejam, são bons (nosso favorito foi a tribo do Crepe!).

  • Esquina Burguer
  • Tribo do Crepe
  • Espaço Gourmet
  • Churrasco da Hora
  • Açai Mix & Shawarma

Compartilhe este Guia!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Roteiros

Pincel Bege

América do Norte

América do Sul

África

Oriente Médio

Destinos

Pincel Verde

América do Norte

América do Sul

Oriente Médio