Destinos

Copenhague

Pincel Verde

Top 5

Nyhavn
Kastellet
Broen Gadekøkkenilha 
Castelo de Kronborg
Christiania
Capital e a maior cidade da Dinamarca, Copenhague é a porta de entrada dos países Nórdicos. A cidade possui uma população de 1 213 822 habitantes e possui um dos níveis de qualidade de vida mais altos do mundo!
A cidade (e o país) é conhecida por serem super eco-friendly, com uma excelência em serviços e pessoas extremamente simpáticas e receptivas, ao contrário do que todo mundo imagina!
Valor: $$$ - Média diária de EUR 80 por pessoa, sem hotel
Quantos dias ficar: de 1 a 3 dias
Quando ir:

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

A cidade de Copenhague é lindíssima e super charmosa, realmente um bálsamo aos olhos, além de que os dinamarqueses são muito receptivos, educados e sorridentes. A cidade possui uma energia muito boa, com bastante atividades ao ar livre e muita natureza. Nós amamos muito turistar por Copenhague e espero que você ame tanto quanto nós!

Mas afinal, o que fazer em Copenhague? Neste guia você verá os principais pontos turísticos da cidade, quando ir, melhor localização para se hospedar, quantos dias ficar, como se locomover e mais. Velkommen til København!

Que tal conhecer a Escandinávia? Adicione Suécia e Noruega no seu roteiro!

O que fazer

◆  Nyhavn

Parada obrigatória. É daqui, o novo porto de Copenhague, as famosas fotos com as charmosas casas de fachadas coloridas, ícone da cidade. Além de belíssimo, o porto tem vários bares e restaurantes, recomendo almoçar e/ou jantar no mínimo uma vez por lá durante seu roteiro por Copenhague.  

Também é de Nyhavn que sai os passeios de barco pelos canais da cidade.

O que fazer em Copenhague?

◆  Opera House (Operaen)

A Casa de Ópera de Copenhague é uma das casas destinadas a música mais modernas do planeta, além de ser considerada a casa de ópera mais cara já construída.Somado a tudo isso, Operaen ainda tem uma vista super bonita do Palácio de Amalienborg. 

O que fazer em Copenhague?

 Broens Gadekøkken

Um mercado que mistura bares e comidas de rua de todo o mundo, com a assinatura de chefs renomados de Copenhague!

Durante a temporada de verão o mercado fica totalmente aberto com vários eventos e atividades e durante a temporada de inverno tem pista de patinação no gelo, bem legal!

O que fazer em Copenhague?

◆ Castelo de Rosenborg

Construído por um dos mais famosos reis escandinavos, Christian IV, no início do século 17, este castelo está entre as principais atrações da cidade. Os pontos alto da visita são o Salão dos Cavaleiros, as jóias da coroa da Dinamarca e seus jardins, que além de ser um passeio a parte (recomendamos), é perfeito para passar a tarde e fazer um piquenique.

O que fazer em Copenhague 36
O que fazer em Copenhague?

Informações: no inverno abre todos os dias, das 10h às 15:h. No verão abre todos os dias, das 9h às 17h. O castelo fecha em algumas segundas-feiras, para saber datas exatas, consulte o site oficial.

◆  Igreja do nosso Salvador de Copenhague

De 1752, esta Igreja e sua diferente torre em espiral se tornaram numa das atrações turísticas mais famosas de Copenhague. São 400 degraus até o topo e a recompensa é uma vista maravilhosa da cidade. Suba apenas se fizer questão da vista, eu particularmente acho que vale a pena.

Informações: O ingresso custa Kr 40. Os horários e datas de abertura flutuam de acordo com datas e estações, confira aqui no site oficial os horário.

◆ Palácio de Christiansborg

Palácio e prédio governamental que é a sede do Parlamento Dinamarquês, escritório do Primeiro Ministro e da Suprema Corte da Dinamarca, é a única construção do mundo que abriga os três poderes simultaneamente. Fica situado na ilha de Slotsholmen, no centro de Copenhague.

Veja os interessantes aposentos reais, os estábulos e seus cavalos reais e suba a da torre de Christiansborg, um dos melhores mirantes da cidade!

O que fazer em Copenhague?

Informações: Abre todos os dias das 10h às 17h. De outubro a abril fecha às segundas-feiras. Ingressos custam kr 160.

◆  Palácio de Amalienborg

É a residência oficial de inverno da família real dinamarquesa. O palácio é um conjunto de 4 edifícios com fachadas idênticas, situados ao redor da praça Amalienborg, onde esta situada a estátua do rei Frederico V, o fundador de Amalienborg.

Diariamente, às 11:30h se inicia a troca da guarda real, que chega no Palacio as 12h.

Informações: De terça a domingo abre das 10h às 15h. fechado as segundas-feiras. Ingresso para entrar custa kr 95 

O que fazer em Copenhague?
O que fazer em Copenhague?

◆  Kastellet

É uma das fortalezas mais bem conservadas do mundo e foi construída sob a forma de um pentagrama! Hoje é um parque enorme e lá dentro você visitará a Igreja de Saint Albans (monumento do fim do século XIX) e o Museu da Libertação (retrata a ocupação militar nazista na 2ª guerra mundial). Há também um moinho de vento e canhões históricos.

Nós adoramos passear pelo parque e conhecer suas atrações, ótimo para descansar as pernas depois de ter andado bastante pela cidade.

O que fazer em Copenhague?
O que fazer em Copenhague?

◆  Tivoli

Um dos parques de diversão mais antigos do mundo – e uma das principais atrações da cidade. Seus lindos jardins são uma atração a parte. Adicione no seu roteiro apenas se tiver um dia inteiro livre.

Informações: O ticket custa 145 DKK. O horário de funcionamento é de acordo com a estação, veja no site oficial

◆ Estátua da Pequena Sereia – Langelinie 

A sereia representa o personagem de um dos contos infantis do escritor Hans Christian Andersen. A estátua é da autoria de Edvard Eriksen, no ano de 1913 e  fica nas águas do porto da cidade (Langelinie) e atrai centenas de turistas todos os dias!

O que fazer em Copenhague?

A pequena sereia acabou se tornando o monumento mais famoso de Copenhague, mas não se decepcione, ela é bem pequeninha (mas muito bonita)!

◆ Christiania  

Conhecida também como Cidade Livre de Christiania, é uma comunidade independente e com leis próprias dentro de Copenhague. Você sabia da existência de Christiania? Nós não sabíamos e olha, foi a experiência mais diferente e o lugar mais surreal que já passamos!

Na década de 70 uma comunidade hippie decidiu criar esta comunidade anti capitalista com algumas regras de convívio, após 40 anos de conflito, conseguiram um acordo de paz! É uma realidade totalmente diferente do que estamos acostumados e ver de perto tudo isso é uma experiência bem diferente.

A arquitetura de Christiania é super lúdica e diferente, há museus, galerias de arte e centros culturais e artistas se apresentando, além de barracas de comida, bares e a Pusher Street.

A Pusher Street é a rua mais controversa de lá, pois é onde ficam as barraquinhas com diversos tipos de maconha, haxixe e acessórios. O consumo de maconha dentro do território de Christiania é liberado (drogas pesadas são proibidas).

Na Pusher Street você não pode tirar fotos e nem filmar, além de ser proibido correr, para não gerar pânico

O que fazer em Copenhague?

E afinal, vale a pena a visita? sim, muito! Nunca conheci um lugar assim em nenhuma de nossas viagens, é como se você realmente estive entrando em um outro país, uma outra realidade! Nós somos “caretas”e não comemos nenhum bolinho – até porque não são para amadores em cuidado –,  mas a visita vai muito além disso. Recomendo muito! Ah, nós nos sentimos seguros a todo instante em Christiania.

◆ Castelo de Kronborg (Castelo de Hamlet)  – Bate-Volta

Esta antiga fortaleza militar é o cenário onde William Shakespeare ambientou o drama sobre o atormentado príncipe Hamlet! Conheça a sala de armas, o grande salão de banquete, a igreja e os corredores subterrâneos.

A distância entre o Castelo e Copenhagen é de apenas 46km se você for de carro, ou apenas 44 minutos de trem. Se tiver tempo no seu roteiro, inclua o castelo, a visita vale muito a pena! É preciso reservar um dia para este bate e volta.

Informações: O ingresso custa Kj 145. horário de funcionamento: de janeiro a abril e de outubro a dezembro: de terça a domingo, das 11h às 16h. De maio a setembro: todos os dias das 10h às 17h.

O que fazer em Copenhague?

◆ Strøget 

Esta é a maior área comercial de Copenhagen e é uma das ruas para pedestres mais longas da Europa ( com 1.1 km). Como esperado, possui uma variedade de lojas imensas, para todos os bolsos, e gostos, melhor lugar para quem pretende ir as compras. A noite é fácil encontrar inúmeros bares, pubs e boates.

◆  Rundetaarn

A Rundetarn é uma torre de observação construída em 1642 por ordem do Rei Christian IV. É o mais antigo observatório em funcionamento na Europa!

Lá dentro você verá o telescópio de 1929 e mapas das constelações originais da época. Além disso há um planetário do século XVII que apresenta o Sol como centro do universo e a plataforma  de vidro.

Informações: A entrada custa Kr25 e a abre apenas de outubro a março das 10h às 18h (De 21 de maio a 21 de setembro abre das 10h às 20h).

O que fazer em Copenhague?

◆ Fábrica da Calsberg

O museu de uma das cervejas mais famosas do mundo, criada pelo mestre cervejeiro J.C. Jacobsen em 1847. Passeio bem legal para os cervejeiros!

◆ Frederik’s Church (Igreja de Mármore) 

Lindíssima igreja toda de mármore que abriga belíssimos mosaicos e pinturas. A Igreja de Mármore possui o maior domo entre todas as igrejas da Escandinávia com 31 metros que acreditam ter sido inspirado pela Basílica de São Pedro em Roma (e que você pode subir!)!
 

Informações: de segunda a quinta e sábados abre das 10h às 17h. Sextas e domingos das 12h às 17hs. Subida à cúpula no verão acontece todos os dias às 13h e no inverno aos finais de semana as 13h. Ingresso custa kr35.

O que fazer em Copenhague?
O que fazer em Copenhague?

Quantos dias

◆ Quantos dias ficar em Copenhague?

Recomendo ficar 3 dias em Copenhague. 2 dias para conhecer os principais pontos turísticos da cidade e mais 1 dia inteiro para acrescentar um bate-volta até o castelo de Kronborg.

Para visitar o Parque de diversões Tivoli, acrescente mais 1 dia inteiro em seu roteiro por Copenhague.

Tem apenas 1 dia? Ainda assim vale a pena visitar Copenhague, você conseguirá ver vários pontos interessantes da cidade.

O que fazer em Copenhague?
Dome da Igreja de Mármore

Quando visitar

◆ Quando ir a Copenhague?

Verão (recomendado)

A melhor estação para visitar Copenhague é no verão, entre junho e agosto. A temperatura média é de 22ºC com dias longos, mas atenção, de junho a dezembro é uma das épocas que mais chove por lá, fique de olho na previsão.

Para nossos padrões, mesmo no verão algumas pessoas podem sentir um friozinho, principalmente a noite ou em dias nublados, então leve casaco!

Inverno

Já o inverno Dinamarquês é rigoroso, com temperaturas abaixo de zero e neve entre dezembro e março. Tenha ciência que os dias durante estes meses são mais curtos

Outono e Primavera

 Primavera e outono também são meses frios, não tão rigoroso, com as temperaturas média de 10ºC.

Nós fomos em Julho, usamos roupa de manga longa todos os dias e pegamos um pouco de chuva, mas  nada que tenha atrapalhado nosso dia.

Estocolmo time and date
Tabela do site TimeAndTable

Onde ficar

◆ Onde se hospedar em Copenhague?

Centro de Copenhague (recomendado)

O centro de Copenhague que fica na Ilha do Castelo (Slotsholmen) é sem dúvidas a melhor região para se hospedar em Copenhague e também onde fica maior região hoteleira. Você ficará próximo a quase todas as atrações turísticas da cidade.

No centro as melhores áreas são próximo ao  Parque Tivoli e ao redor do Porto Nyhavn. O ponto negativo é que pela grande procura, os preços dos hotéis são um pouco mais elevados.

Vesterbro

Este é o bairro da moda de Copenhague. É sem dúvidas a melhor opção para viajantes que procuram hotéis mais baratos, e ainda assim com uma ótima localização (ao sul do centro).

Dentro de Vesterbro tem a região de Kødbyen (MeatpackingDistrict), formada por antigos abatedouros que hoje em dia viraram bares e restaurantes. É um dos melhores lugares da cidade para comer e sair durante a noite.

Christianshavn

Bairro onde fica a Cidade Livre de Christiania e também o bairro nobre de Copenhague. Esta área é formada por várias ilhas artificiais, todo recortado por canais cheios de barco e casas-barco, sendo uma oportunidade bem legal para se hospedar em um barco ancorado!

O que fazer em Copenhague?
O que fazer em Copenhague?
O que fazer em Copenhague?

Para procurar hotéis que melhor se enquadram com você e sua viagem – orçamento, localização, etc. – utilize o Booking.com! Há um mapa com a localização e vários filtros para te ajudar a escolher a acomodação ideal. 

Quer se hospedar numa casa-barco nos canais de Copenhague ou procura algo mais aconchegante que um hotel? Utilize o Airbnb!

Locomoção

◆ Como se locomover em Copenhague?

A pé ou bicicleta (recomendado)

É melhor maneira de se locomover por Copenhague é a pé. Andando você visita a maioria das atrações turísticas da cidade. Os dinamarqueses também usam muito a bicicleta para se locomover, uma opção bem divertida para o verão. A capital possui muitas locais para alugar bike e as ciclovias chegam a todos os bairros.

Ônibus / trem /metrô

Caso você tenha adquirido o Copenhague Card, use e abuse do ônibus, trem e metrô, embora pela cidade passe apenas 2 linhas de metrô e 6 linhas de trem (mais utilizados para ir às cidades próximas ou bairros mais distantes, ja que sua linha férrea é bem distribuída, levando a todas as regiões do país).

A estação central de Copenhague fica em frente ao parque Tivoli, mesma região onde se encontra grande parte da rede hoteleira da cidade. 

Hop-on Hop-off

Para os mais apressados, também há a opção do Hop-on Hop-off por Copenhague. Os passeios são feitos em ônibus panorâmicos de dois andares com um deck superior aberto e percorrem as principais atrações turísticas da cidade, geralmente fornecem um audio guia em diversas línguas. Veja valores e compre aqui no site oficial.

O que fazer em Copenhague?

Decidiu alugar um carro em Copenhague? Alugue com a RentalCars, empresa que usamos sempre e recomendamos, além de você fazer a reserva em reais e não pagar IOF!

Comida

◆ O que comer em Copenhague? Comidas Típicas para provar!

Os Dinamarqueses tem várias comidinhas típicas gostosas! Eles comem bastante carne de porco e derivados, e apesar de ter uma enorme costa, os dinamarqueses comem mais peixes nas festas de final de ano. As comidas típicas mais famosas são:

Smørrebrød – este é o prato mais tradicional do país, um sanduíche aberto que consiste basicamente em pão de centeio (rygbrød), com peixe, carnes frias, queijos, ovos, salmão defumado, camarão, peixe, hortaliças, ovos, patês (especialmente de fígado) ou diversos tipos de saladas.

Frikadeller – nada mais é do que as amadas almôndegas feitas de carne ou de peixe temperados com ervas. Elas são servidas no jantar com batatas, salada, molho, pão e vinho para acompanhar.

Fransk hotdogs (cachorro-quente) – é o cachorro quente dinamarquês. Bem mais simples que o brasileiro, é composto por um pão branco (franskbrød) com uma salsicha frankfurter, maionese, catchup, molho de alho ou picante. Eles são vendidos em trailers chamados de pølsevogn (vagão da salsicha), você verá váários carrinhos espalhados pela cidade.

Cerveja tipica – a cerveja mais famosa e mais pedida na Dinamarca é Carlsberg, experimente!

Outras comidas típicas são: lombo suíno, pato assado e batata com arenque. A propósito, os dinamarqueses comem batata em quase todas as refeições, é como se fosse o arroz deles! 

Ficou com gostinho de quero mais? O site governamental que promove o turismo na Dinamarca, fornece informações – inclusive em português- sobre a culinária dinamarquesa, com curiosidades, informações e até receitas.
O que comer em Helsinque

◆ Dicas de bons lugares para comer em Copenhague:

· Porto de Nyhavn (imperdível)

· Região de Kødbyen no bairro Vesterbo

· Broens Gadekøkken

Estes lugares indicados possuem várias opções de restaurantes pois são mercadões, feiras ou praças, acredito que são os melhores lugares para comer comidas locais autênticas e saborosas, além de ser bem democrático pois há diversas opções de escolha!

O que fazer em Copenhague?
Vesterbo
Onde comer em Copenhague 5
Broens Gadekøkken

Compartilhe este Guia!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Roteiros

Pincel Bege

América do Norte

América do Sul

África

Oriente Médio

Destinos

Pincel Verde

América do Norte

América do Sul

Oriente Médio