Destinos

Hong Kong

Pincel Verde

Top 5

Nathan Road
Monastério de Po Lin
Central Mid Escalators
Roda Gigante Observation Wheel
Sky 100
Afinal, Hong Kong, é China ou não é? Bom, HK é  uma das 2 regiões administrativas especiais da China (a outra é Macau), então sim, é China! Mas o país possui seu próprio sistema legal, língua, moeda, alfândega, direitos de negociação de tratados e leis de imigração próprias. Eles mantém até suas próprias regras de trânsito, todos dirigem no lado esquerdo!
Seu território é dividido entre 3 distritos: a ilha de Hong Kong, Kowloon e New Territories, sendo que Kowloon liga Hong Kong à China. Sua população é de 7 milhões de habitantes em uma área de 1.054 km², sendo uma das áreas mais povoadas do mundo.
Valor: $$$ - Média diária de USS 80 por pessoa, sem hotel
Quantos dias ficar: de 1 a 3 dias
Quando ir:

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

 Hong Kong é uma loucura, mas aquela loucura boa, sabe? A cidade não para! Milhares de pessoas na rua, letreiros neons por todos os lados, imensos arranha-céus, comida de rua cheirando por onde você passar… realmente não é como as tradicionais cidades que você já visitou antes. 

É toda essa mistura de cultura, pessoas e coisas que faz de Hong Kong um lugar apaixonante e por isso atrai milhares de expatriados e turistas do mundo todo!

O que fazer

Há tanto para ver e fazer…como você decide o que fazer em um viagem para uma cidade como HK? Veja nosso guia completo sobre o que fazer em Hong Kong!

Kowloon

◆  Nathan Road

Rua principal de Kowloon, com milhares de lojas, comidas de ruas, e tudo mais o que você imaginar. Ótima para andar, ver um pouco de Hong Kong e conhecer Kowloon e sua cultura, já que esta é a parte mais antiga de Hong Kong.

Prepare-se para ver centenas dos icônicos letreiros espalhados por todos os lados!!

O que fazer em Hong Kong?

◆  Markets na Nathan Road – mercados de rua

Na verdade não são mercados, são ruas paralelas a Nathan Road, repletas de lojas e feirantes. As principais são:
  • Flower Market: Onde você encontra plantas, flores e coisas de jardim.
  • Ladie’s Market: Onde você encontra bolsas, roupas, sapatos e vários souvernirs. Mulheres vão adorar!
  • Sneaker Street:  Centenas de lojas de tênis, de todos os estilos e marcas.
  • Gold Fish Market: Para os amantes de peixes e aquários. 
  • Mong Kok Computer Center: Para quem deseja comprar computadores, acessórios, cabos e coisas relacionadas. Os preços são BEM mais baixos do que os praticados nas ruas, mas claro, fique atento para não cair em nenhum golpe ou comprar produto falsificado.

◆  Kwum Yam Temple

O que fazer em Hong Kong 70 2

Um templo (Shrine) super colorido e bonito no meio da cidade, dedicado a Deusa da Misericórdia. 

Não é um templo lindissimo e pode ser deixado de fora do roteiro, mas é legal para quem gosta deste tipo de turismo, além de você conseguir ver de perto aos costumes e cultura local.

◆  Tin Hau Templo- Yau Ma Tei

Tin Hau é a deusa dos mares, uma das mais cultuadas no país – e por isso há dezenas de templos chamados Tin Hau, visite o que fica em Yau Ma Tei, na Nathan Road! Sua entrada é simples e não faz jus a sua beleza interior!

◆  Tsim Sha Tsui

Tsim sua Tsui é a orla de Kowloon. Caminhe pela Avenue of Stars para ver as estátuas de personagens importantes do cinema de Hong Kong como Bruce Lee, veja também a Clock Tower, um torre de relógio histórica.

Logo em frente tem uma passarela suspensa, suba e aprecie a vista do Skyline da ilha de Hong Kong, perfeito para tirar belas fotos.

O que fazer em Hong Kong?
Torre do relógio e o final da orla de Tsim Sha Tsui

◆ Symphony of Lights

As 8 horas da noite em ponto ocorre o famoso espetáculo Symphony of Lights, o maior espetáculo permanente de luzes e música do mundo!  Um dos melhores pontos para assistir é exatamente próximo a torre do relógio.

◆ Sky 100

É uma plataforma de observação em 360º graus, construída no centésimo andar do arranha-céu International Commerce Centre em Kowloon. A vista é surpreedente.

Informações: A entrada para o deck de observação custa $198. Comprando online pelo site oficial você tem 10% de desconto, clique aqui. Lembrando que a partir da data que efetuou a compra online, você tem 30 dias para usa-lo (apenas uma entrada).

O que fazer em Hong Kong?
O que fazer em Hong Kong 53

◆ Civic Square

Descendo o edifício onde ficam o Sky100 e o Ozone Bar, você encontra uma praça onde ficam vários restaurantes de culinária internacional. A praça é muito bonita e os restaurantes são muito bons, vale a pena conhecer.

◆ Temple Street Night Market 

O que fazer em Hong Kong?

Outra rua de compras, cheia de ambulantes e  comidinhas de rua – minha parte favorita – Hong Kong sendo Hong Kong! 

Mas o legal deste o mercado é que ele funciona até um pouco mais tarde (das 14h até meia noite). Apesar de abrir as duas da tarde, é durante a noite que o a Temple Street ganha vida!

◆  Pik Hoi House

Este condomínio fica no bairro Lo Lung Han e para ser sincera lá não tem nada de especial para se ver, mas os prédios Pik Hoi se tornaram um fenômeno no Instagram pois são mega fotogênicos. 

Neste bairro os prédios são bem antigos, com a cara e essência bem chinesa. É um passeio para conhecer mais o interior da cidade, principalmente se você for de ônibus ou carro. A estrada é cheia de prédios antigos, com lençóis e roupas penduradas nas janelas. Bem típico.

Se estiver com tempo e curtir fotografia, recomendo a visita. Foi um passeio simples mas que eu gostei bastante de fazer.

Como Chegar em Pik Hoi House? Para chegar, veja qual ônibus você deve pegar pelo aplicativo Google Maps, de acordo com sua localização. Nós pegamos o onibus nº 5, saindo de frente da estação Tsim Sha Tsui e  descemos na parada Pik Hoi House.

De mêtro, desça na estação Hi Man Tin. Siga até o condomínio Pik Hoi House e suba no terraço do estacionamento, é lá o local ideal para tirar fotos.

O que fazer em Hong Kong?

Lantau Island

◆ Monastério de Po Lin

O monastério de Po Lin fica na ilha de Lantau. É neste monastério que você visitará o Grande Buda e o Caminho da Sabedoria. O complexo é belíssimo e costuma ser o passeio favorito dos turistas que visitam a cidade, não deixem de ir, é realmente imperdível!

O monastério tem uma arquitetura belíssima, cheio de detalhes e cores, mas o que mais impressiona é que tudo é pintado a mão. Atrás do prédio principal, há a sala dos 10.000 Budas, só vendo com os próprios olhos para entender a beleza e energia deste lugar – e talvez seja por isso que é proibido fotografar.

Informações: O monastério fica aberto das 10h às 16h30. Leve lanches e água, não lembro de ter lugares para a venda.

O que fazer em Hong Kong?
Tian Tan Buda

Tian Tan Buda

Essa gigante estátua, mais conhecida como o Grande Buda, é simplesmente incrível. A estatua foi concluída em 1993 e possui 34 metros de altura. Vale a pena subir os 268 degraus para apreciar a vista da montanha e do mar, é uma vista recompensadora. 

Caminho da Sabedoria (Wisdom Path)

A direita do monastério tem varias trilhas, umas longas – de até 2h – e outras bem curtinhas, mas todas bem bonitas. A trilha mais conhecida é a trilha que dá para o Wisdom Path, um local com várias colunas de madeiras com textos do Sutra do Coração (Heart Sutra), uma das mais conhecidas escrituras budista. Esta trilha é bem leve e rápida, apenas 10 minutinhos, não deixem de fazer! Para chegar até a entrada da trilha, basta seguir as placas.

Nosso passeio pelo Monastério, sala dos 10.000 Budas, Buda Gigante e Wisdom Path teve duração total de aproximadamente 4 horas.

Ngong Ping 360

Um teleférico que te leva até o Monastério de Po Lin, com vistas de 360º da bela e montanhosa ilha de Lantau. 

Informações: ingresso custa HK$290, ida e volta.  Clique aqui para comprar ingresso online evitar filas ou para saber mais informações.

O que fazer em Hong Kong?
Arredores do Monastério
O que fazer em Hong Kong?
Templo
O que fazer em Hong Kong?
Caminho da Sabedoria
Como chegar no Monastério e no Grande Buda?

Você consegue chegar de bondinho ou de ônibus (opção mais barata, mas bem mais demorada).

Ngong Ping: Para pegar o bondinho basta ir até a estação Tung Chung (que também é estação de metrô, o bondinho fica atrás dela!). O passeio pelo bondinho é uma atração a parte!

O ticket de ida e volta custa HKD 235 e de apenas uma perna custa HKD 160.Para mais informações, acesse o site oficial.

Ônibus: Quando nós fomos, o bondinho estava em reforma e a única maneira de chegar até o Buda era de ônibus. A viagem durou 50 minutos – o caminho é muito bonito. Para pegar o ônibus é só ir até a estação Tung Chung, na parte de trás onde fica o bondinho, chegando lá, continue andando e você verá um terminal de ônibus em formato de U, com vários ônibus. Siga as placas, pois cada parada tem uma placa indicando o destino final. Nós pegamos o ônibus 23, para Po Lin Monastery. Não confie no numero, pergunte e mostre foto do monastério ao motorista!

O ticket de ida e volta de ônibus custou HKD 35.

Hong Kong Island

Passeio de barco – Dica ViajaMundo

Não deixe de fazer um passeio de barco pela bahia de Kowloon, vai ser um dos passeios mais legais em no seu roteiro por Hong Kong!

Uma dica bem legal é que ao invés de pagar um passeio super caro nos barcos tradicionais, pegue o ferry público para atravessar de uma ilha para a outra. O passeio será mais curto, mas as vistas são as mesmas, lindas!

◆ The Peak

É a montanha mais alta de Hong Kong. Lá você pode visitar o Sky Terrace 428, onde você tem uma vista espetacular da cidade! O melhor horário para visitar o The Peak é durante o pôr do sol, assim você verá a cidade durante o dia e depois toda iluminada durante a noite.

Lá em cima também tem o famoso museu de cera Madame Tussauds, shopping, restaurante, etc.

Informações: A melhor forma para se chegar até o The Peak é pegando o The Peak Tram, um funicular que sai do Peak Tram Lower Terminus. Ingresso: ida e volta do funicular + entrada no Sky Terrace 428 custa HK$99. Somente funicular ou somente entrada, custa HK$52 cada. Mais informações, clique aqui.

O que fazer em Hong Kong?
Skyline e The Peak ao fundo!

Dica: Sem entrar no Sky Terrace 428 você também consegue vistas legais da cidade, mas para quem quiser uma vista melhor e ainda mais alta, terá que pagar um pouco a mais para poder subir.

◆ Hong Kong Park

O que fazer em Hong Kong?

Um parque belíssimo no meio dos arranha-céus de Hong Kong!

Além do parque, há vários playgrounds, quadras esportivas e até um aviário com mais de 600 pássaros e uma estufa com várias plantas e muitas borboletas!

Não é um passeio imperdível na cidade, pois apesar de bonito, é apenas um parque normal, como todos os outros!

◆ Bank of China e Lippo Centre

Ao sair do parque, siga para o famoso Bank of China Tower. O passeio é apenas para tirar algumas fotos, não há nada dentro para turistas, apenas um starbucks que você pode aproveitar para fazer um lanche. 

Lá perto tem o Lippo Centre (foto), um edifício com arquitetura super diferente e moderna. Também não há nada dentro para ver, mas rende ótimas fotografias

O que fazer em Hong Kong?

◆ IFC Mall

Shopping onde fica a Apple Store suspensa e também a Devialet, uma loja de som incrível. Entre e peça para mostrar como funciona a caixa de som, é UAU, garanto que você se surpreenderá.

O que fazer em Hong Kong?

◆ Roda Gigante Observation Wheel

Roda Gigante que proporciona vistas incríveis do Victoria Harbor. Fica entre os píeres 9 e 10. Tem 60 metros de altura e 42 gôndolas (sendo uma delas a gôndola VIP).
 

Informações: Funciona das 11h até às 23h e o passeio dura de 15 a 20 minutos. À noite a Observation Wheel fica toda iluminada, o que a deixa ainda mais linda.

O que fazer em Hong Kong?
Hong Kong Island é cheia de passarelas interligando os lugares, bem diferente!

◆ Central Mid Escalators

O que fazer em Hong Kong?

A maior escada rolante do mundo! É bem interessante e fizemos questão de subir até o final. A escada apenas sobe, para descer são escadas normais.

Aproveite na descida para andar pelo bairro, que é muito legal e animado. Cheio de gente, lojinhas, bares, restaurantes e muitos gringos! Estas ruas tem os preços levemente mais salgados que a rua Lan Kwai Fong, então se preferir, vá até lá, que é bem pertinho!

Templos de Lin Fa Kung e Tin Hau

Se estiver com tempo no seu roteiro por Hong Kong, vale a visita! Eles ficam próximos ao Victoria Park, outro parque legal que oferece aulas gratuitas de Tai Chi Chuan logo após o nascer do sol.

◆ Des Voeux Road Central

Esta rua fica no centro de HK. Ela é cheia de lojas, neons e outdoors, mas ao contrario de Kowloon, aqui é tudo super moderno!  A arquitetura das lojas por ali são lindíssimas e acompanham todo o luxo das glamurosas e caras lojas dali. 
O que fazer em Hong Kong?

As melhores ruas do centro para passear e que tem boas lojas além da Des Voeux Road Central são: Chater Road,Pedder Street e Queen’s Road Central.

◆ Bate Volta até Macau

Faça um bate volta até Macau, que assim como Hong Kong, é uma região administrativa especial da China.

Macau é a Las Vegas Chinesas, cheia de cassinos com arquiteturas incríveis e exóticas (tem até vulcão!). Mas apesar de super legal e diferente, realmente não supera Las Vegas em questão de entretenimento como shows, festas e espetáculos.

Uma parte curiosa e bem legal para nós é que Macau foi ocupada pelos portugueses do século 16 até 1999, quando foi oficialmente integrada à China. Pelo centro da cidade você verá várias placas em português, além de uma arquitetura que mescla a chinesa com a portuguesa – e não deixe de comer bacalhau com batatas e pastelzinho de nata!

Como chegar em Macau? Para chegar em Macau basta pegar um ferry saindo do terminal de Tsim Sha Tsui ou da ilha de Hong Kong.

Os barcos da TurboJet chegam península de Macau, a melhor opção para quem quer primeiramente explorar o centro histórico (parte portuguesa). Já os barcos da CotaiJet chegam na ilha de Taipa, onde ficam os cassinos da Cotai Strip. Você pode ir com uma cia e voltar com outra, basta comprar bilhetes de uma perna só.

 Bilhete custa em média HKD180, o trajeto leva cerca de 1 horas você precisa chegar no porto com 30 minutos de antecedência para fazer a imigração, não esqueça de levar o passaporte (não é necessario visto chinês!)

◆ Hong Kong Disneyland

Menor que suas irmãs americanas, é uma ótima atração para levar os pequenos ou para quem ama a magia Disney. O mais legal é que é adaptado para os padrões orientais, com detalhes de tradições, roupas e cultura chinesa, inclusive empregando princípios do feng shui na arquitetura, interessante né?

Ingresso: O ingresso custa HK$639. Os ingressos podem ser facilmente adquiridos, são vendidos na maioria dos lugares, inclusive nos hotéis. Também podem ser comprados na bilheteria do local ou antecipadamente pelo site do parque.

◆ Ocean Park

Um parque mais adulto, com brinquedos radicais. Há também uma parte com temática infantil e infelizmente também tem animais como pandas, show de golfinhos, etc. 

(quem  nos acompanha sabe que não apoiamos atrações que possui exploração animal. Por favor, NÃO financiem este tipo de show)

Ingresso: O ingresso adulto custa HK$498. O ingresso podem ser comprado na bilheteria do local ou antecipadamente pelo site do parque.

montagem1 1

◆ Sik Sik Yuen Wong Tai Sin Temple

Templo Budista Chinês bem tradicional e muito bonito! Se tiver tempo, visite-o. Para chegar de metro é só descer na estação Wong Tai Sin.

Quantos dias

◆ Quantos dias ficar em Hong Kong?

Recomendo 3 dias em Hong Kong, este tempo é suficiente para ver todas as principais atrações. Caso queira adicionar algum parque como Disney ou o Ocean Parque, o ideal é acrescentar 1 dia inteiro a mais.

O que fazer em Hong Kong?

Quando visitar

◆ Quando ir a Hong Kong?

Melhor época

A melhor época para visitar Hong Kong é no Outono e na Primavera, já que as temperaturas não estarão nem muito quentes e nem muito baixas!

Outono e Primavera (recomendo)

Em Outubro (outono) as temperaturas ficam mais amenas e agradáveis e na maioria dos dias está entre 18ºC e 28ºC. Durante março e abril (primavera), a temperatura também fica bem agradável entre 17ºC a 25ºC.

Verão 

No verão, que vai de junho até setembro, as temperaturas ultrapassam os 30ºC! São dias extremamente úmidos, ensolarados e com chuvas geralmente pela manhã ou a noite – MUITA chuva. É a pior época para você visitar Hong Kong, não recomendo.

Inverno

No Inverno, que vai de dezembro até o final de março, a temperatura fica entre 14ºC e 20ºC,  mas pode chegar aos 5ºC. Com o vento, a sensação térmica chega a ficar próxima de zero. Os dias ficam nublados mas sem chuvas.

Quando ir a Hong Kong?
Tabela do site TimeAndTable

Onde ficar

◆ Onde se hospedar em Hong Kong?

As três principais ilhas de Hong Kong – e onde você pode se hospedar – são: Lantau, Kowloon e Hong Kong Island.

Ilha de Hong Kong (recomendo)

É a melhor ilha para se hospedar, muito bom para compras, bares e pubs, e algumas atrações turísticas ficam nesta ilha, porém, é uma região mais cara. 

A melhor parte da ilha para se hospedar é perto do Victoria Harbor, na área da estação Causeway Bay (parte norte da ilha), ou então Wan Chai, e  também perto da estacão Central, mais ao oeste, parte mais jovem, com muita vida, vários bares, boates e pubs. 

Evite a região sul, pois ficará mais longe de todas as atrações, mas caso opte por ficar lá, há mêtro e ônibus para chegar nas atrações principais.

Kowloon

Outra ótima localização para se hospedar e foi a nossa escolhida. Nos hospedamos na área de Tsim Sha Tsui. Esta ilha também é cheia de vida, muitos lugares de compras, restaurantes de excelente qualidade, hotéis mais baratos e ainda tem o charme da antiga Hong Kong, com aqueles letreiros coloridos e prédios mais antigos.

É bem fácil ir de Tsim Sha Tsui para a ilha de Hong Kong através de metrô ou ferry.

Ilha de Lantau

Ilha mais afastada, é onde fica o aeroporto, Grande Buda e a Disney. Se hospede aqui apenas se sua prioridade for ficar mais próximo de um dos 3, como por exemplo quem visita HK em conexão de 1 dia.

O acesso as outras ilhas é bem tranquilo, e aproximadamente 30 minutos de metrô você chega na Ilha de Hong Kong ou em Kowloon.

O que fazer em Hong Kong?

Para procurar hotéis que melhor se enquadram com você e sua viagem – orçamento, localização, etc. – utilize o Booking.com! Há um mapa com a localização e vários filtros para te ajudar a escolher a acomodação ideal. 

Além do Booking, também utilizamos o Airbnb quando queremos algo mais aconchegante que um hotel ou quando estamos em grupo.

Locomoção

◆ Como se locomover em Hong Kong?

Melhor maneira de se locomover em Hong Kong? metrô (ou ônibus) + caminhada. Este é com certeza o melhor combo para explorar Hong Kong!

·  Octpus Card: compre!

Independendo de qualquer meio de transporte escolhido, adquira o   Octupus Card, um passe recarregável de transportes, que você pode usar para tudo, mas TUDO MESMO, metrô, ônibus, balsas (ferries), bondes (trams – inclusive para o The Peak) e até em táxis (alguns aceitam, nem todos), mercados e lojas! 

Onde comprar o Ocptus Card? Você pode comprar seu Octopus Card dentro das próprias estações de metrô, nos postos de atendimento ao cliente (não vende nas máquinas). Custa de 150 HKD  e desse valor, $50 são depositados como caução e $100 para consumo. Caso precise de mais créditos, é só recarrega-lo nas maquinas dentro do metrô e quando terminar de usar seu cartão,  é só devolve-lo e pegar de volta os $50 de depósito e saldo restante casou houver.

O valor da tarifa do metrô varia de acordo com a distância percorrida e não tem preço fixo. O Octupus Card calcula o preço exato da sua viagem ao final

Não tem Octupus Card? Quando for comprar uma passagem unitária do metrô, compre o ticket na máquina de autoatendimento na estação. Ah, com o Octupus Card o valor da viagem sai um pouquinho mais em conta.

Metrô (recomendo)

Entre as ilhas e atrações mais distantes,  recorra ao metrô, fácil, rápido e te leva para todos os lugares! Juntando metro com caminhadas, é a melhor forma de se locomover em Hong Kong.

Ônibus

Ônibus é outra ótima forma de se locomover por HK, e um pouco mais barato que metrô. A passagem deve ser paga assim que você entra no ônibus e com o valor EXATO, pois não há troco ou com o Octopus Card.

Taxis

O valor do Taxi em HK apesar de caro,  não chega a ser absurdo, mas use apenas realmente se precisar. O preço já se inicia em $22 e te dá direito a 2 km de viagem, depois vai aumentando de acordo com o deslocamento. 

Ferry

Para quem vai atravessar de uma ilha para a outra, Ferry é um boa escolha e que para nós viajantes, vira um passeio, com uma vista linda das ilhas! São bem baratos (de Kowloon para HK Island custou apenas $2.50).

Recomendo fazer algum percurso pelo menos uma vez. O Ticket você compra no próprio porto.

O que fazer em Hong Kong?
O que fazer em Hong Kong?
O que fazer em Hong Kong?

Comida

◆ Onde comer em Hong Kong?

Mais importante do que onde comer, é o que comer. A comida asiática pode parecer um pouco esquisita para nós, mas garanto que se você for com o coração aberto e experimentar algumas comidas, você vai se apaixonar.

Dê uma chance para os dumplings, são massas de arroz super finas com diversos recheios, meu favorito são os de camarão, leves e deliciosos! Cha Sou Baau são pãezinhos fofos recheados com carne de porco agridoce cha siu, também muito bom! E que tal experimentar um mingau de arroz salgado (congee), com carne de porco, ovos, amendoim e massa frita? É delicioso e perfeito para um dia frio! Meu prato favorito é o Ramen, um tipo de sopa com macarrão e molho shoyu, amo. Outra delicia local que me surpreendeu foi a carne pato, crocante e maravilhosa!

Agora que você já tem noção do que vai encontrar por lá, fique com nossa lista de sugestão de restaurantes – mas não se preocupe, você encontra restaurante de comida ocidental facilmente.

Cafés

N1 Coffee & Co

Este café em Tsim Sha Tsui é super aconchegante e uma ótima escolha para um delicioso café da manhã antes de sair para turistar pelo bairro.

Kubrick

Também em Kowloon, Kubric é o café com os melhores reviews da região! A melhor parte é que o local além de café, também é uma livraria.

The Cupping Room

Apesar de um cardápio enxuto, cada item servido pelo Cupping Room é super delicioso! 

Barista Jam

Este café super antigo é um bom lugar para tomar um café a tarde acompanhado de um bom lanche. O local é pequeno, mas sua atmosfera convidativa e a qualidade do café, atraem a vizinhança.

Restaurantes 

Café Gray Deluxe

Situado no andar 49º do luxuoso Hotel The Upper House, no complexo Pacific Place, este restaurante tem um ambiente requintado, pratos de alta gastronomia e vistas maravilhosas de Kowloon. É um dos restaurantes mais bem avaliados da cidade.

YardBird

Na ilha de Hong Kong, este super indicado restaurante é especializado em Yakitori, espetinho japonês. Apesar dos deliciosos yakitoris, o destaque vai para o “korean fried couliflower” e o “sweet corn tempurá”. Jantar aqui é garantia de comida boa e ambiente animado!

Tim Ho Wan

Tim Ho Wan é o restaurante com estrela Michelin mais barato do mundo e está localizado em uma estação de trem. Essa combinação intrigante já é o suficiente para fazer qualquer um ir até lá para provar os pratos!

Luk Yu Tea House

A especialidade aqui são os deliciosos Dim Sum, bolinhos ao vapor com todos os tipos de recheios imagináveis, impossível não ama-los!

Manakamana Nepali Restaurant

Para quem está batendo perna na Temple Street, esse restaurante cairá como uma luva! Barato e delicioso, além de delicias chinesas, a especialidade é comida Nepalesa, vale a pena experimentar.

Butao Ramen

Butao é um dos mais antigos restaurantes de ramen japonês de Hong Kong. O restaurante é simples e o ramen é delicioso!

Sang Kee Congee Shop

Que tal experimentar Congee, um tipo de mingau salgado chinês? A primeira vista não parece muito agradável ao nosso paladar brasileiro, mas garanto que vale a pena experimentar, e o Sang Kee Shop é um ótimo lugar para isso!

Bons drinks

Ozone Bar

O bar mais alto do mundo! Além da vista surreal da cidade, os drinks são impecaveis! A entrada é livre e você paga apenas o que consumir.

Dragon Fly

Para quem quer um bar mais íntimo e elegante, Dragon Fly é perfeito. Além de sua decoração que se destaca, há também cocktails exóticos e petiscos deliciosos.

Lan Kwai Fong

Onde curtir a noite em Hong Kong? Lan Kwai Fong é a região mais badalada de toda a ilha!! Há centenas de opções entre restaurantes, bares, pubs e baladas, para todos os estilos!

onde comer em Hong Kong?
Nosso prato preferidos em HK: Pato! Você encontra nestes tradirestaurantescionais
vida noturna em Hong Kong
Lan Kwai Fong

Compartilhe este Guia!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Roteiros

Pincel Bege

América do Norte

América do Sul

África

Oriente Médio

Destinos

Pincel Verde

América do Norte

América do Sul

Oriente Médio