Destinos

Riga

Pincel Verde

Top 5

House Of Blackheads
Dome Cathedral
Three Brothers
Nativity Cathedral
Cat House
Riga é a capital e a maior cidade da Letônia (e a mais populosa das capitais bálticas). A cidade tem uma população de 700 mil habitantes, 1/3 da população da Letônia!
O centro histórico de Riga foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e é famosa pela arquitetura em estilo Art Nouveau, o que a deixa maravilhosamente única. Em questão de importância arquitetônica, pode ser comparada a Barcelona e a São Petersburgo.
Valor: $$ - Média diária de EUR 60 por pessoa, sem hotel
Quantos dias ficar: de 1 a 2 dias
Quando ir:

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Riga foi a uma belíssima supresa para nós, em poucas horas caminhando pela cidade a gente se apaixonou com sua riqueza de detalhes e beleza em cada ruela passada. A cidade simplesmente parece que foi montada para ser cenário de um filme de tão bonita. Riga apesar de não muito presente nos roteiros dos turistas brasileiros, vale muito a pena ser visitada!

Junto com Riga, visitamos Varsóvia (Polônia), Vilnius (Lituânia) e Tallin (Estônia). Reservamos 2 dias para cada cidade e  fizemos todos os trajetos de ônibus noturno, com a luxexpress. A viagem além de barata (cerca de 5 euros), foi super tranquila já que os ônibus são confortáveis, com banheiro, tomadas e tv – para comprar seu ticket, basta ir até a estação de ônibus ou comprar online. Sempre que chegávamos na cidade pela manhã, já comprávamos nosso ticket para a próxima cidade.

Mas afinal, o que fazer em Riga? Neste guia você verá os principais pontos turísticos da cidade, quando ir, melhor localização para se hospedar, quantos dias ficar, como se locomover e mais. 

O que fazer

A maioria dos pontos turísticos e do que há para fazer em Riga está situado dentro da cidade histórica (Old Town). Old Town é pequenininha e entre cada ponto turístico há coisas legais e bonitas para se ver  e aproveitar!

◆ Town Square

Um bom lugar para começar suas andanças pela Old Town é pela Town Square, a praça da prefeitura. É nela que fica a construção mais famosa e a mais fotografada da cidade, a House Of Blackheads (casa dos cabeças negras). 

House Of Blackheads

Construída em 1334, este edifício abrigava a confraria dos comerciantes alemães e seu nome foi dado em honra ao Santo Maurício, o primeiro santo cristão negro e o padroeiro da confraria. Devido a bombardeios alemães durante a Segunda Guerra Mundial, tudo foi reconstruído entre 1995 e 1999 (bem recente, né?) e agora ali funciona um museu.

O que fazer em Riga?

◆ Dome Square – Catedral

Esta outra praça de Riga abriga a Dome Cathedral, considerada a maior igreja da era medieval dos Países Bálticos. É uma catedral protestante do século XIII e possui um órgão com mais de 7 mil tubos (considerado o 3° Órgão Tubular do mundo).

O interior da catedral não surpreende como seu exterior, então caso queira ganhar tempo ou economizar no ingresso, deixe de a visita ao interior de fora do seu roteiro por Riga.

Informações: a entrada custa 3 euros e abre das 9h as 17h

O que fazer em Riga?
O que fazer em Riga?

◆ Three Brothers

Os três irmão são 3 das casas mais antigas – e mais bonitas – de Riga, são literalmente um dos cartões postais da cidade.

A branca é datada do século XV e por isso é a mais simples; a verde é do século XVII e a amarela, a mais bonita e fotogênica é do século XVIII. São ótimas amostras da evolução arquitectónica que a cidade sofreu ao longo dos anos.

Para quem curte arquitetura, no edifício verde fica o Museu de Arquitetura da Letónia, com entrada gratuita!

O que fazer em Riga?

◆ Câmara Municipal

Situado em frente a casa dos cabeças negras, este edifício é super bonito e vai agradar  os apaixonados por arquitetura. Foi construído em 2003 no mesmo lugar e com as mesmas linhas de outra câmara municipal que existia, mas que infelizmente foi destruída durante a segunda guerra mundial.

◆ Museu da ocupação da Letônia

Também na mesma praça, este museu que apesar de muito bonito, destoa super da arquitetura charmosa de Riga. Ele retrata de forma clara os 50 anos de atrocidades vividas pelo povo Letão nas mão dos Nazis.

Se tiver tempo no seu roteiro, uma visita a este museu é recomendada. Você irá aprender muito.

A entrada é gratuita, mas doações são bem vindas

◆ Igreja de São Pedro (Church of São Peter)

A igreja de São Pedro possui nada mais, nada menos que mais de 810 anos, tendo sido construída em 1209! Durante seus anos de vida já passou por incêndios, restaurações, ampliação e já foi atingida por relâmpago 6 VEZES!

Ela possui uma torre com elevador que te leva até o topo e de lá você com certeza terá melhor vista de Riga.

Informações: A entrada da igreja + visita a torre custa 7 euros.

O que fazer em Riga?

◆ Os Músicos de Bremen 

Atrás da Igreja de São Pedro tem a famosíssima estátua “Bremen Town Musicians”. Uma homenagem  ao conto escrito em 1812 pelos Irmãos Grimm.

Trata-se da história de quatro animais: uma galinha, um gato, um cachorro e um burro! Depois de uma vida inteira de trabalhos e maltratos por seus donos, decidem fugir para a cidade de Bremen e lá se tornarem músicos.

Contrariamente ao que o título do conto faz supor, os personagens nunca chegaram em Bremen pois, durante o percurso, conseguem assustar e afugentar um bando de ladrões, apossando-se do produto dos seus roubos e instalando-se definitivamente na cabana antes ocupada pelos malfeitores.

 
O que fazer em Riga?
O que fazer em Riga?

◆  Praça de Livu

Outra praça lindinha com vários prédios coloridos, cheia de restaurantes e barraquinhas de souvenirs. 

Nesta pracinha você encontra o Pequeno e Grande Guild, dois edifícios históricos com quase dois séculos e que hoje são utilizados para eventos culturais.

◆ Cat House

A casa do gato é outra casa emblemática da cidade e que tem uma história bem engraçada: 

O dono da casa, um rico comerciante letão, encomendou a escultura após sua adesão à câmara de comércio do outro lado da rua ter sido rejeitada.

No começo, o gato foi colocado com sua cauda reta para cima e de frente para a câmara. Os membros do clube de comerciantes  se sentiram insultados e exigiram na justiça que o animal fosse desviado para uma posição menos ofensiva. Eles ganharam o caso, e o gato virado permanece no telhado até hoje.

O que fazer em Riga?
O que fazer em Riga?

◆ Troksnu Iela   

Uma rua bem pequenininha, super charmosa, com casinhas coloridas do século XIII. De dia é uma rua super calminha e a noite, principalmente no verão, a rua fica cheia de gente aproveitando os bares e restaurantes.

O que fazer em Riga?

◆ Swedish Gate   

No meio da rua Troksnu Iela fica a única das oito entradas da antiga cidade que sobreviveu ao passar dos séculos. 

Foi construída em 1698 e hoje é um dos pontos turísticos mais famosos e charmosos da cidade.

 

Não deixe  de ir até Swedish Gate tirar uma foto e passar por debaixo dele, dizem que dá sorte!

O que fazer em Riga?
O que fazer em Riga?

◆ Mercado Central   

Se quiser dar uma olhadinha nos letões mais de perto e conhecer os hábitos locais, você pode visitar o Riga Central Market. O mercado diariamente recebe entre 80.000 e 100.000 pessoas que vão comprar frutas, legumes, carne, peixe e até roupas!

O curioso deste mercado é que antigamente eram hangares onde ficavam guardados zeppelins e só em 1930 é que se transformou em um mercado!

◆ Academia de Ciências da Letônia   

Geralmente fora dos principais roteiros por Riga, já que não fica dentro da Old Town, este prédio é um dos mais impressionantes da cidade já que possui uma arquitetura de estilo soviético.

Então se você tiver tempo e quiser sair um pouco do roteiro tradicional, visite o impressionante Latvian Academy of Sciences. O interior não pode ser visitado, mas é permitido subir no terraço de observação situado no décimo sétimo andar.

O que fazer em Riga?
Mercado central na frente e linda academia de ciências logo atrás.

◆ Jekaba Kazarmas (Jacob’s Barracks)   

É o prédio mais comprido de Riga! Ele é ocupado por vários bares, cafés, lojinhas de souvenirs, restaurantes, etc. Ao lado é possível ver algumas partes da muralha que antigamente rodeavam a cidade histórica.

◆ Torre de Pólvora  

Logo atras, você verá a Torre da Polvora (powder tower), construída no inicio do sec. XIV e que fazia parte da muralha que defendia a capital. Atualmente faz parte do Museu da Guerra.

O que fazer em Riga?

◆ Monumento da Liberdade   

Este monumento é o símbolo da cidade. Ele é uma homenagem aos soldados lesionados e mortos durante a Guerra da Independência da Letônia.

Em seu topo topo há a Milda, Deusa do amor e liberdade, segurando três estrelas que representam as três regiões do país e em sua base há esculturas retratando a guerra.

◆ Nativity Cathedral  

Um dos nossos lugares favorito de Riga! Esta catedral é simplesmente deslumbrante com sua cúpula dourada, que de longe e com o reflexo do sol, fica ainda mais incrível!

Construída em 1833, quando a Letônia ainda fazia parte do Imperio Russo, esta catedral Ortodoxa de estilo Bizantino é considerada a maior catedral dos países bálticos nesse estilo. Por dentro apesar de bonita, não supera seu exterior.

Informações: A entrada custa 6 euros

O que fazer em Riga?
O que fazer em Riga?

◆ Distrito Art Nouveau

Para quem gostou do estilo arquitetônico de Riga, fora do centro histórico há um bairro com várias casas super conservadas e lindas para você poder admirar. Adoramos o passeio e recomendamos caso você tenha tempo.

Nós pegamos um Uber e demos um pulinho até lá – é pertinho da old town. Desça próximo a Albert Street (Alberta Iela), é neste região onde ficam a maioria das casas. Há também o Museu de Art Nouveau na Rua Strēlnieku.

Quantos dias

◆ Quantos dias ficar em Riga?

Nossa recomendação é que você reserve dois dias em Riga, assim você consegue ver todos os pontos turísticos da cidade!

Caso seu roteiro esteja apertado, você consegue sim ver tudo ou boa parte em apenas um dia inteiro. Claro, seu roteiro ficará Ben apertado e você não conseguirá entrar nas atrações, mas da para ter um gostinho de Riga. 

O que fazer em Riga?

Quando visitar

◆ Quando ir a Riga?

Verão (recomendado)

Os melhores meses para visitar Riga é de maio a setembro, quando é verão no país. Nesta época a temperatura varia entre 17ºC a 24ºC, com a vantagem de ter dias mais longos (com a pequena desvantagem de que chove mais do que no inverno, mas nada que vá atrapalhar sua viagem).
 
Inverno
 
Durante o inverno as temperaturas podem chegar a -10ºC, com presença de neve e dias bem mais curtos. Para quem não curte frio, não recomendo – mas saiba que durante Natal a cidade fica lindamente decorada e há campeonatos de corrida de trenó no país!
quando ir a Riga?
Grafico do site TimeAndTable

Onde ficar

◆ Onde se hospedar em Riga?

Se hospede dentro da Old Town, que é a melhor localização pois praticamente todos os pontos turísticos estão por lá e sendo assim, você consegue fazer tudo facilmente a pé.

Dentro da cidade antiga há acomodações para todos os bolsos, desde hostels e hotéis 2 estrelas até os mais luxuosos como o maravilhoso Grand Hotel Kempinski Riga e este loft/penthouse super estiloso do Airbnb!

Qualquer localização dentro da cidade antiga, é uma boa localização! 

Para procurar hotéis que melhor se enquadram com você e sua viagem – orçamento, localização, etc. – utilize o Booking.com! Há um mapa com a localização e vários filtros para te ajudar a escolher a acomodação ideal. 

Quer se hospedar em algum edifício estilo Art Nouveau, algum loft estiloso ou procura algo mais aconchegante que um hotel? Reserve  pelo Airbnb!

O que fazer em Riga?
Cidade Antiga vista de cima, é realmente bem pequena!

Locomoção

◆ Como se locomover em Riga?

A pé (recomendado)

A melhor forma de se locomover em Riga é caminhando pela cidade, pois a Cidade Antiga é beem pequena e você consegue visitar todos os pontos turístico facilmente e rapidamente andando, por isso é aconselhado se hospedar dentro da própria old town.

Trams (bonde)

Na cidade antiga também tem uma rede de bondes (trams) que circulam em volta do centro histórico. Pode ser uma opção caso seu último ponto seja mais longe e não queira voltar tudo andando.

Uber e taxi

Caso necessite ir para algum lugar mais afastado, como o distrito de Art Nouveau (mas que também é apenas 1,5km da Old Town), uber e taxi são uma ótima opção, assim como o transporte público, que funciona super bem na cidade (

O que fazer em Riga?

Lembre-se que para entrar na Europa é necessário ter um seguro saúde – e mesmo que não fosse obrigatório, né? É indispensável! Cote seu seguro com a Real Seguro, empresa que usamos e recomendamos!

Comida

◆ Onde comer em Riga?

Além da recomendação de restaurantes, não deixe de experimentar alguns pratos típicos da Letônia, faz parte do turismo!

Como por exemplo os deliciosos piragis, um salgado recheado de presunto e bacon, servido solstício de verão, e no natal. Experimente também a curiosa sopa de cerveja com leite, a típica ervilha cinza com bacon eclaro, pão de centeio, mirtilo e batatas, que com certeza irão aparecer como acompanhamento de algum prato!


Rozengrals: Este restaurante medieval no centro historico de Riga oferece uma experiência super legal. Ele fica no subterrâneo e é todo de temática medieval, com direito a musica ao vivo e um cardápio super variado, desde peixes e sopass até carnes de caça e opções vegetarianas! Recomendo!

1221 Restorans: Sem dúvidas o restaurante com a fachada mais bonita de Riga! Mas vai além disso, a comida é boa e as mesas externas são ótimas!

The Good Father: Localizado na famosa Tronksnu iela, este animado restaurante serve uma das melhores comidas da cidade. Vale a pena reservar uma mesa para garantir um lugarzinho a noite. Recomendo!

Hide Out Kebab: Quer uma refeição gostosa, rápida e super barata? Aposte em um Kebab! Este foi um dos melhores Kebabs que já comi (ou será que era a fome?)!

Domini Canes: Um dos melhores restaurantes da cidade e com vista para a Catedral de Riga. Não é atoa que tem uma das melhores avaliações da cidade, a comida é deliciosa – e faça reserva!

 
O que fazer em Riga?

Street Fries Kitchen: Sabe quando você quer experimentar tudo do cardápio, porque tudo está com um cara deliciosa? Os Waffles, os hambúrgueres, as panquecas doces e salgadas…tudo! Comi uma Shakshuka deliciosa!

Compartilhe este Guia!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Roteiros

Pincel Bege

América do Norte

América do Sul

África

Oriente Médio

Destinos

Pincel Verde

América do Norte

América do Sul

Oriente Médio